Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

Weekend Project: Alternativas de Código Aberto para o Adobe Flash no Linux (Outras histórias por Nathan Willis)

leave a comment »

Link: http://www.linuxtoday.com/infrastructure/2010091002635MMHLS

Tradução de Alex Alves de Paula.

“Os usuários do Linux nunca foram bem servidos pelo Flash. O arquivo do navegador oficial oferecido pelo Adobe deu lugar a outras plataformas.O Flash está disponível apenas para os componentes do processador compatível Intel de 32-bit , e tem sido uma fonte da lentidões,congelamentos e travamentos do navegador. E a todos que ao fato de que é uma patente própria, binária-apenas com arquivo especialmente largo ( como arquivo de música ou multimídia) cujo tamanho exige um tratamento peculiar ( para armazenar, enviar, baixar, etc…), e você pode ver porque muitos usuários da área de trabalho do Linux querem ficar livres dele. Você pode, com um pouquinho de tempo e preparação, esta semana.

“Você pode se perguntar por que você precisa de suporte do Flash. Se você for um adulto sem crianças, você pode geralmente encontrar o Flash apenas na sua utilização como um mecanismo de multi-plataforma de disponibilização de vídeos, e de muitas formas, este é o jeito mais fácil de prescindir do uso dele. Existem ferramentas extensões de extração de vídeos para tirar direitos dos mesmos dos invólucros do Flash com o clique de um botão, permitindo que você esqueça que ele alguma vez já existiu. Se você tem filhos, no entanto, você provavelmente ver os jogos do Flash e conteúdo interativo o tempo todo(talvez com muita freqüência para sua preferência…), e para você, simplesmente ignorar o Flash não é uma opção real “.

Texto Original:

“Linux users have never been well-served by Flash. The official browser plugin offered by Adobe has tended to lag behind releases for other platforms. Flash is available only for 32-bit Intel-compatible processor architectures, and it has long been a source of browser slowdowns, freezes, and crashes. And to all that the fact that it is a proprietary, binary-only blob, and you can see why many Linux desktop users want to free themselves from it. You can, with a little bit of time and preparation, this weekend.

“You may wonder why you need Flash support at all. If you are an adult without kids, you may generally encounter Flash only in its use as a cross-platform video delivery mechanism, and in many ways this is the easiest usage of Flash to dispense with. There are video extraction tools and extensions to pull video right out of Flash wrappers at the click of a button, allowing you to forget it ever existed. If you do have kids, however, you likely see Flash games and interactive content all the time (perhaps even too often for your liking…), and for you, simply ignoring Flash is not a real option.”

Tradução feita no tradutor do Google:

Weekend Project: Alternativas Open Source para o Adobe Flash no Linux
10 de setembro de 2010, 20: 32 UTC (0 respostas [s]) (1946 leituras)
(Outras histórias por Nathan Willis)

“Os usuários de Linux não ter sido bem servido por Flash. O plugin para o navegador oficial oferecido pela Adobe tem vindo a ficar para trás versões para outras plataformas. Flash está disponível apenas para 32-bit arquitecturas de processadores compatíveis com Intel, e tem sido uma fonte da lentidão do navegador, congelamentos e travamentos. E a todos que o fato de que é uma gota, o proprietário binário-somente, e você pode ver porque muitos usuários de desktop Linux quiser se livrar dele. Você pode, com um pouco de tempo e preparação, este fim de semana.

“Você pode perguntar por que você precisa de suporte flash. Se você é um adulto sem crianças, você pode geralmente encontrar Flash apenas na sua utilização como um mecanismo de multi-plataforma de vídeo de entrega, e de muitas formas isso é mais fácil o uso do Flash para dispensar. Existem ferramentas de extração de vídeo e extensões para tirar direito dos invólucros de vídeo Flash com o clique de um botão, permitindo que você esquecê-la nunca existiu. Se você tem filhos, no entanto, você provavelmente verá jogos em Flash e conteúdo interativo todos o tempo (talvez até demais, muitas vezes para seu gosto …), e para você, simplesmente ignorando o Flash não é uma opção real “.

Anúncios

Written by otextolivre

27 setembro 2010 às 4:59 pm

Publicado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: