Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

A FSFE dá boas vindas ao novo documento “Interações de Software” do Departameto Jurídico Europeu

with 6 comments

A FSFE tem o prazer de saudar a publicação de um novo documento sobre o licenciamento de software livre. O documento elaborado por representantes do Departamento Jurídico Europeu ajuda os profissionais que trabalham com software livre e os advogados, facilitando na decisão sobre qual autorização deveriam ser distribuidos.
” Interações de Software “, explica em detalhes quando um Progama, cujo código-fonte esteja contido na GNU General Public License ou em outras licenças de software livre, deva ser distribuído sob a mesma licença e quando os profissionais de software livre possam escolher uma licença diferente. O programa contém exemplos do potencial da comunidade jurídica ou, dentro desta mesma área, o limite dos usuários.
Karsten Gerloff, presidente da FSFE, disse: “apesar do documento não ter respostas definitivas sobre um assunto tão complexo, é atualmente a publicação de um trabalho em conjunto de diversos especialistas. É a primeira vez que esse tema tem sido discutida de forma tão abrangente.”
A FSFE aproveita a oportunidade desta publicaçãopara criar um blog no intuito de auxiliar os usuários domésticos. Esta página incluirá os atuais e futuros documentos publicados na rede e foi concebido para proporcionar uma maneira mais fácil para encontrar e redistribuir esse material.
“Interações de Software ” é a segunda maior fonte de conhecimento e discussões sobre questões jurídicas, publicado pelo Departamento Jurídico Europeu. O primeiro “Risco Grid”, foi publicado em Julho de 2009 no International Free e Open Source Software Law Review.
A FSFE tem apoiado a Rede Jurídica Europeia desde 2007. Apesar da origem modesta, a rede que conta atualmente com mais de 240 membros em 27 países de quatro continentes tem crescido e é o maior fórum jurista de software livre. Embora a FSFE não tenha controle editorial sobre o Fórum e sobre a formação de documentos da rede, acredita-se mesmo assim no benefício para a comunidade de software livre, garantindo que os peritos de organização comerciail e não-comercial e independente possam compartilhar suas experiências e percepções.
Se você é um jurista e deseja participar de futuras atividades da rede, entre em contato com a FSFE: legal@fsfeurope.org.

tradução: Cintia Antao de Santana (UFMG)
fonte:

Anúncios

Written by otextolivre

10 setembro 2010 às 11:41 pm

Publicado em Sem categoria

6 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Também fiz uma “tradução” desse artigo e apesar de algumas incoerências que percebi no texto depois da tradução do google (que não é das melhores principalmente de outras línguas para o português) achei a essência do texto bem interessante. O software livre é muito útil em várias áreas distintas, desde áreas domésticas como também as comerciais.

    Luisa Paula

    11 setembro 2010 at 2:05 am

  2. É sempre bom ver a evolução a área de Soft livre. Com esse sistema de licenciamento de software livre fica muito mais fácil saber qual a licença de determinado programa e como consegui-la.

    walter neto

    12 setembro 2010 at 12:41 am

  3. Me interessei por esse artigo, pois trabalho na área de direito e é bom saber o que o jurídico tem a dizer sobre o software livre, uma vez que esse assunto ainda é pouco divulgado em questões legais formais.
    Outro coisa que me chamou atenção à esse artigo é o fato dele ser asinado por uma aluna da Federal (que traduziu de alguma fonte).

    Laura Silveira

    13 setembro 2010 at 1:15 pm

  4. É muito interessante que a área de software livre venha crescendo tanto como nos últimos tempos. Não ficar mais dependente de softwares caros e pouco eficientes com atualizações parcas com certeza ajuda na evolução da área de computação, assim como valoriza mais o trabalho do profissional da área.

    Vinícius Marquez Candelária

    13 setembro 2010 at 10:13 pm

  5. Muito interessante como existe a organização das ações da cooperação através do software livre. Percebo também a preocupação com a questão da licença dos softwares que permite uma segurança para o avanço dos sistemas operacionais.

    Rafael Victor

    14 setembro 2010 at 12:12 am

  6. O estabelecimento de regras de conduta no que diz respeito à utilização dos softwares livres é fundamental para garantir a utilização segura por parte dos usuários e consequentemente fomentar sua utilização.
    Saber que se pisa num terreno onde regras a padrões de conduta só podem contribuir para a popularização destes softwares.

    Emília Carolina G. O e Souza

    20 setembro 2010 at 10:33 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: