Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

O uso digital em sala de aula

with 4 comments

Muito se tem escrito e falado sobre o uso do computador em sala de aula. Essas discussões possuem duas vertentes – de um lado um professor que desconhece muitas vezes o suporte virtual e seus recursos poderosos para mudar as expectativas da sala de aula e a construção do conhecimento. Do outro lado, vemos alunos que ansiosos pela inovação, buscam na tela e no cursor, universos ainda desconhecidos que podem visitar sem um direcionamento pedagógico.

O que fazer?

 O computador é uma realidade! Quer queiram, quer não ele é uma máquina acessível a todo indíviduo. Aquele que não o tem em casa possui a opção de ir a uma lanhouse onde pode visitar, em horários flexíveis, por um valor irrisório. É, portanto, um mundo acessível para qualquer idade ou lugar. A presença do virtual é contaminante.

Sendo assim o universo educacional não pode excluir tal pressuposto e viver em uma inércia como se esse mundo acontecesse somente dentro dos muros da escola. A internet é uma porta escancarada, pois mostra novos horizontes permitindo outros contatos com o mundo e um olhar mais inclusivo.

O professor precisa vencer essas barreiras. Ver o novo, o inédito, o diferente não como um inimigo que está à espreita pronto para tirá-lo do seu local de poder, mas como um aliado! Fazer de suas aulas momentos onde a adequação, a função deste novo gênero facilitem a transmissão do conhecimento. Relações colaborativas e cooperativas entre as comunidades virtuais devem fazer parte do processo de aprendizagem sem que um destrone o outro.

Os conteúdos programáticos podem receber uma nova vestidura, a sala de aula pode tornar-se um espaço de interação, de troca de resultados.

Como podemos ver esta é uma proposta que não há como fugir dela. A parceria aluno, professor e suportes digitais precisam estar sincronizados. A proposta pedagógica deve levar em consideração o aluno como usuário e conhecedor de determinadas técnicas, o professor como mediador do processo para localizar e situar o aluno e o computador como meio e não fim do processo. O recurso é, portanto, sair da defensiva e buscar mais intimidade com o computador, saber o que ele pode fazer, para depois saber o que fazer com ele. É uma primeira premissa para uma renovação didática e uma transformação do conhecimento num processo interativo e expansivo do digital em sala de aula.

 

Autores: Elaine  Schiavon Cordeiro e Rachel Moreira

Anúncios

Written by otextolivre

29 julho 2009 às 5:44 pm

Publicado em 1

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. A utilização de educação intermediada por computador pode e deve ser o grande salto qualitativo desse século. Primeiro porque computador tende a se tornar um recurso cada vez mais barato (pelo menos os que têm as funções básicas necessárias), e depois pela imensa capacidade de acesso à informação trazida pela ferramenta. Posso imaginar, por exemplo, aulas de geografia com o Google Earth, aulas de história (aliás, também o Google Earth disponibiliza “volta no tempo” nas cidades, Roma por exemplo), vídeos e documentários no youtube, jogos educativos, enfim, uma infinidade de novos recursos.
    Por outro lado, temos a “morosidade” normal dos professores – vi classes onde o professor fala e 80% dos alunos estão na internet com seus celulares, nos EUA: a velocidade da informação é diferente demais, mas estudos sobre o aprendizado com “videoclipes” devem ser realizados… de qualquer forma, só a possibilidade de consulta direta em sala a wikipédia e afins, dicionários, tradutores, calculadoras, fontes de informação ad infinitum, justificaria a utilização do computador. Falta o professor estar qualicado para intermediar isso tudo e “brigar” com as informações da internet. (Eu mesmo protagonizei um epísódio assim: numa das aulas, o professor atribuiu uma afirmação a um autor, e eu corrigi: não, professor, foi tal. Ele teimou e eu mostrei o handheld com a wikipédia aberta…)

    Maxwell Sarmento

    3 setembro 2010 at 10:35 am

  2. Muito interessante o texto!
    Realmente, muitos professores têm resistência ao novo.
    Mas não há como negar que o computador é um excelente instrumento e que está aí para facilitar o trabalho e deixá-lo mais interessante. Sem contar que aulas “cuspe e giz” não agradam mais os alunos que nasceram numa época em que tudo é dinâmico, rápido, colorido…
    A solução é exatamente esta: deixar o “medo” de lado, conhecer essa ferramenta, aprender os recursos pedagógicos existentes (ou como torná-los pedagógicos) e levar para a sala de aula.

    Melina Melo

    3 setembro 2010 at 1:42 pm

  3. Para existir um ambiente educacional mais dinâmico e interativo, usando computadores e Internet, deve-se adotar novas técnicas de ensino. O modelo atual não suportaria.

    Estamos vivendo um momento de transição, onde educadores e alunos experimentam novos meios de educação.

    Gabriel Magno

    13 setembro 2010 at 12:47 am

  4. o modelo atual de se lecionar ainda é funcional. Afinal ele representa o resultado de um sistema tradicional, que vem se adaptando (apesar de morosamente) a realidade de professores e alunos.
    estas adaptacoes sao dadas aos poucos e nao podemos negar que elas atuam positivamente na educacao.
    o problema é que o processo de surgimento de novas tecnologias cresce a cada dia, ou seja, cada vez mais podermos ver novas possibilidades educacionais, em contraponto a taxa de insercao delas é baixissimo…
    esta, creio ser a maior barreira dentre as citadas no seu texto, existe uma resistencia natural ao novo.
    eu sou professora , e atuei em duas escolas que exemplificam bem este ponto. em uma das escolas as aulas obedecem uma metodologia bem tradicionalista, o livro-quadro, as aulas acabam sendo cansativas e iguais, o que prejudica o interesse do aluno, ja a outra escola investe em midias, software proprio o que torna as aulas mais interessantes e ate facilita a mim ensinar ja que possuo uma vasta quantidade de ferramentas..

    Elsa Plascak

    17 setembro 2010 at 11:24 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: