Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

Experiências adquiridas rumo à sala de aula

with 3 comments

Por Margarete A. A. Ferreira e Roseli Nívea Ottoni

A tecnologia avança cada vez mais no mercado de trabalho, por isso  futuros concorrentes  a esse mercado buscam inovações e criatividades no campo universal da Internet que visa a  transmissão de conhecimentos.  De uma forma muito especial podemos contribuir para este universo com as experiências que nós adquirimos no curso intitulado Ensino de Leitura e Produção de textos. Nessa perspectiva,  descobrimos no Texto Livre um aliado para transmitir nossos  conhecimentos e ir em busca de novas idéias. Nosso maior objetivo é trocar experiências,  envolvendo com muita praticidade a importância de ler  textos na tela. Para que nosso objetivo seja alcançado, é essencial contribuirmos com os mais variados gêneros textuais, com a intenção de abrir um leque de informações que facilitará a troca de experiência cada vez maior nas comunidades.

Partindo do pressuposto que o feramental teórico é tão importante para entrar na faculdade quanto o ferramental tecnólogico, em particular a informática, é preciso aprender a ler e escrever, mas também é necessário saber utilizar a tecnologia que é o computador. Atualmente, quem não sabe utilizar essa ferramenta pode ser considerado um analfabeto digital. Na pós-modernidade, é de suma importância que todos estejam conectados, afim de produzir mais conhecimentos. Quanto mais acesso, melhor. Um indivíduo sem informação no mundo atual é um estranho ocupando o planeta Terra. Vivemos em um mundo globalizante, em que os indivíduos devem estar atentos a tudo, eles não podem viver isolados. A comunicação é a chave para sobreviver atualmente. Para isso, temos os meios tecnológicos que nos auxiliam.

Somos cada vez mais atraentes, quanto maior nossa capacidade de comunicação. A beleza tornou-se algo abstrato, não adianta sermos fisicamente belos se não temos  habilidades comunicativas, isso até em  profissões como modelo, que considera a beleza como requisito. Vivemos num mundo no qual ser bonito não basta, é preciso ter conhecimento, e para isso o nosso papel como educador é fundamental: podemos mostrar a esses jovens que o conhecimento é importante,  tanto na vida pessoal quanto na profissional. E para atingir esse objetivo, temos que saber fundamentar através de coisas que eles gostam. Por intermédio do computador, podemos propor atividades que valorizem o conhecimento, que aumentam a auto-estima e que façam com que eles se valorizem como cidadãos. Sabemos que as crianças, como os adolescentes, ficam horas em frente a uma tela de computador, jogando, conversando em salas de bate-papo (chats) ou usando correios eletrônicos (e-mails). Por que, então, não aproveitar essa tecnologia em sala de aula? Neste caso, poderemos ganhar fortes subsídios para as  atividades escritas. E é nesse contexto que as novas tecnologias vêm dar um suporte ao educador. O computador pode tornar as nossas  aulas mais interessantes e, de certa forma, mais interativas.

É bom saber que há pessoas pesando nisso. O projeto Texto livre é, de certa forma, um alívio para nós educadores, porque ele possibilita colocar em prática um sonho que estamos tentando conquistar há muito tempo em sala de aula.

Com a invenção do computador, percebemos que os alunos se tornaram mais preguiçosos, mais alienados. Mas o que nos  parecia um inimigo tornou-se um aliado da prática pedagógica. O professor deve agarrar essa oportunidade. Se os alunos têm tanto prazer em divertir-se com essa ferramenta, porque não estudar também? Não estamos propondo que o professor esqueça o seu objetivo maior que é o de educar, alfabetizar e levar o conhecimento aos seus educandos, mas propomos uma nova utilização de suporte que nos possam auxiliar nesa difícil tarefa que é tornar a escrita e a leitura uma  fazer prazeroso. Quando todos os indivíduos tiverem o prazer de estudar, de buscar o conhecimento, os nossos adolescentes não estarão  nessa inércia que hoje encontramos. A arte de educar é o amor. É procurar fazer o melhor para si e para o seu aluno, assim ele será eternamente um estudante. Na nossa opinião não basta o professor ensinar o conteúdo, mas ensinar o educando a pesquisar. O mestre deve ser aquele que mostra o caminho e não aquele que trilha o caminho para o seu aluno passar.

Anúncios

Written by otextolivre

26 julho 2008 às 2:58 pm

Publicado em educação, texto livre

Tagged with , , ,

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Primeiramente, gostaria de agradecer, pelo tema, que em muito tempo está na vanguarda do Mundo Globalizado. Sou pesquisador, formado em informática e aficionado ao assunto proposto no seu texto. Mas resta um parênteses que voçês ainda nao colocaram ou se tiver uma chance avise-me, por favor. Sabemos que a informática pode trazer inúmeros benefícios: Eado, ferramenta de ensino, etc… Mas, também ouvir dizer que o texto virtual (escrito na tela do computador) pode prejudicar a retina dos ollhos (provoca deslocamento da retina). Bom, o que vocês têm dizer sobre isso, e o modo que os alunos comunicam-se na inthernet …” o inthernetês” não seria um desaprendizado do nosso culto e pólido português. Embora seja um texo livre, gostaria que vocês se manifestassem a respeito dessas minhas indagações.
    Muito obrigado!

    Wagner

    10 outubro 2008 at 11:56 pm

  2. Acredito que algo que vai enriquecer ainda mais as salas de aula são as lousas digitais. Existem vários tipos e modelos e posso dizer que os alunos adoram! Para quem ainda não conhece muito do assunto, podem saber um pouco mais em http://www.eselect.com.br

    Temos sim que usar a tecnologia ao nosso favor!

    Luciana Dos Santos

    4 fevereiro 2009 at 7:05 pm

  3. vau achei horrivel

    amanda de castr

    9 novembro 2009 at 3:53 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: