Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

A era da informática na sala de aula

with 2 comments

Por: Cristiane Rungue Fernandes, Lúcia Brasil, Luzinete Oliveira, Myriam Senna, Quésia do Carmo Faria

No mundo em que vivemos, a informática modifica o olhar e o modo de agir sobre os fatos do cotidiano e revelam novas posturas com relação ao processo de ensino-aprendizagem. Graças à Internet, o uso do computador se torna cada vez mais ativo em nossa sociedade, o que leva os indivíduos a repensarem seu papel diante das transformações sociais. Assim, a educação passa a ser influenciada e, conseqüentemente, precisa redirecionar seu foco de atenção, já que o processo de aquisição do conhecimento e da linguagem perpassa a sociedade e a escola de maneira inquestionável.

Nossos alunos dominam essa ferramenta com a mesma facilidade com que manuseiam seus videogames, uma bola, uma bicicleta ou um skate e viajam pela Internet, com seus chats, home-pages, e-mail ou fazendo download, por exemplo.

Diante de tantas mudanças, devemos nos perguntar: O que faz essa máquina dentro de uma sala de aula? Para quê? De que forma deve ser usada? Quem deve “conduzir” sua utilização? Poderíamos responder: Trata-se de recurso de última geração do qual a escola não pode ficar de fora! Ou ainda: A escola precisa ensinar informática aos alunos, pois tudo hoje em dia está informatizado! Deve haver um profissional capacitado para ministrar essas aulas, fazendo inclusive parte do currículo!

Para alguns professores, no entanto, a informatização não está acontecendo, como já podemos constatar. Isso não deveria fazer parte da nossa realidade porque partimos do ponto de vista de que a informática, quando adotada nas escolas, deve se integrar ao currículo como uma ferramenta. O professor pode contar com ela para bem realizar o seu trabalho, desenvolvendo atividades que levem a uma reflexão sobre qual é a melhor forma de empregar os recursos da informática.

Quando utilizada desta maneira, a informática está a serviço de um propósito educacional e propicia condições aos alunos de trabalharem a partir de temas, projetos ou atividades, surgidos no contexto da sala de aula. Em decorrência dessas situações, os alunos podem contar com a interatividade e uma infinidade de programas disponibilizados pelo computador.

Partindo dessa nova realidade, estudar a língua materna passa a ser uma prática estimuladora que caminha para resultados mais significativos no universo da linguagem.

A Informática na Educação, neste contexto, vem trazendo novas perspectivas para a sala de aula no intuito de promover a formação do homem e a sua inserção nesta sociedade. Naturalmente, a informática não dará, sozinha, conta dessa mudança, mas poderá significar um grande passo, pois ela possibilita a criação de um amplo espaço para a reflexão (fóruns, chats, entre outros) e suscita um novo paradigma educacional.

Anúncios

Written by otextolivre

26 julho 2008 às 1:47 pm

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Acredito que a revolução digital que vivemos há alguns anos ainda é pouco explorada no ambiente escolar. Creio que, em alguns anos, chegaremos ao ponto de termos quase 100% dos alunos do ensino médio com seus próprios computadores portáteis. Os Netbooks já são uma realidade acessível e tendem a baratear ainda mais.

    Com isso, aumentarão as ferramentas, exatamente como você disse, as ferramentas! Nada de ensinar informática nas escolas. Porque se nos adaptamos, as crianças de hoje já crescem em meio à informática, e precisam de muito mais que treinamento: precisam de direcionamento.

    Os computadores associados à internet possuem a capacidade de acrescentar dinamismo às disciplinas mais “travadas”, como física, por exemplo. Além de possibilitar a busca, pelos próprios alunos, de conteúdo adicional ao expressado pelo professor, enriquecendo as aulas.

    vitorbrandao4

    13 setembro 2010 at 8:20 pm

    • Apesar da informática na educação estar avançando rapidamente, um ensino de qualidade desta importante ferramenta ainda é um privilégio de poucas pessoas. Em escolas estaduais, por exemplo, além da falta de equipamentos, faltam também profissionais capacitados.

      Outra preocupação que surge com a informatização dos alunos é de que maneira os estudantes irão explorar os conhecimentos que adquirem na escola. Cresce de forma acentuada o número de jovens alienados que perdem horas jogando e participando de bate papo.

      Mas, apesar dos problemas, não existe dúvida quanto à importância do uso de computadores em salas de aula, pois como foi citado no texto, a informática promove a formação do homem e a sua inserção na sociedade.

      Douglas Baêta

      14 setembro 2010 at 2:40 am


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: