Blog dos voluntários do Texto Livre

www.textolivre.org

Possibilidades do ambiente web

with one comment

O ciberespaço é o espaço que se configura a partir da conexão dos computadores em rede, é uma construção da linguagem binária que oferece a interconexão de pessoas, dados, informações que (re)configura os espaços de socialização. A relação homem/maquina possibilitada pela linguagem binária, virtualiza as competências e potencialidades do complexo corpo humano e das transações relacionais resultantes da vida em comunidade.

A expressão ciberespaço, inventada por William Gibson foi apropriada pelos usuários e criadores de redes digitais para definirem o espaço decorrente do desenvolvimento do “espaço-informação” apresentado por Doug Engelbar, em1968, que ainda hoje vem definindo o projeto binário da interface contemporânea, que tinha a idéia do mapeamento de bits.

A rede mundial de computadores é comumente utilizada como sinônimo para o ciberespaço, no entanto a web é um dos elementos constituintes do ciberespaço. A internet é um artefato tecnológico onde varias modalidades da comunicação coexistem. Os meios tradicionais de comunicação funcionam por emissão de mensagens, já a web trabalha com a disponibilização e o acesso as informações. Com grande capacidade de oferta de informação a web exige processos profissionais de filtragem, triagem e validação, ou seja, necessitam de intermediários. A web possui dinâmica própria de funcionamento sendo muito mais do que um suporte tecnológico e elemento de mediação.

O mundo está conectado na rede mundial de computadores e os bilhões de sites disponíveis nos oferece as chaves para o ambiente web. Ambiente esse em que a realidade – expressa por âncoras – se mistura com as fantasias, que os olhos e os elementos de comprovação não podem captar.

Tendo bits como meio de transmissão de nossas mensagens, transformando idéias em seqüências de 0 e 1 podemos vivenciar diferentes tempos, espaços permanecendo sentados em frente as nossas telas. Entre as possibilidades oferecidas pelas hipermídia – que o ambiente web sabe usar muito bem – temos os diversos tipos de sites que nos abrem um universo: vídeos,imagens, realidade virtual, notícia em tempo real, etc.

Mas entre todos os recursos do ambiente web, um se destaca: a conectividade com o mundo. Chamo de conectividade os espaços e momentos em que você pode, por meio da virtualização, atualizar suas potencialidades. Ou seja, se saindo de sua casa para pegar o ônibus você tem a probabilidade de encontrar com 10 pessoas, no ambiente web, com esse mesmo tempo você se esbarrar em milhares de indivíduos de etnias, lugares e línguas diferentes.

A internet nos proporciona uma vasta gama de possibilidades de comunicação entre usuários. Dentre os seus possíveis canais, temos o chat, os blogs e os fóruns. A diferença básica entre eles é a distância entre o comunicador e o interlocutor. Não falamos de distância física, pois os milhares de cabos que ligam o mundo nos aproxima e afasta na chama aldeia global.

Falamos, sim de diferentes tempos de presença. Por exemplo: o chat nos oferece experiências em tempo real, ou seja, perguntas e respostas instantâneas. O ambiente web proporciona diferentes noções de tempo, mas para os participantes de um chat, a sensação é de conversa em proximidade. Isso se deve as perguntas e respostas em sintonia e a certeza de que o interlocutor está lendo nossa mensagem em um determinado momento e vice-versa. A conversa em um chat pode se dar entre vários emissores e receptores simultâneamente. Os ruídos são contornados no processo de elaboração da mensagem, pois o emissor consegue “sentir” o nível de compreensão de sua mensagem pelo receptor no momento da transmissão.

O fórum também pode funcionar em uma dinâmica de perguntas e respostas. No entanto, para ele o tempo é fragmentado. Deixamos nossas mensagens e aguardamos respostas que se dará em tempos variados, mas que nos chegaram organizadas como se o dialogo fosse constante. No fórum, a mensagem é ofertada a múltiplos receptores, ao mesmo tempo, e os ruídos não são percebidos imediatamente. Isso dificulta a qualidade do entendimento da mensagem, pois os ruídos não poderão ser contornados em conjunto com a construção da mensagem.

Com o mesmo caráter de distância entre as partes há o blog. Assim como ocorre com os fóruns, a comunicação via blog conta com uma distância temporal criada pela internet. Cada comunicador possui o tempo que julgar necessário para criar sua mensagem, seja o ensaio inicial, seja seu comentário, pergunta ou resposta. Assim, temos vias distintas a serem percorridas por cada mensagem até que se complete o ciclo de comunicação entre comunicador e comunicado. E cada uma sofre seus desvios particulares. No Blog, o emissor “desconhece” o seu receptor e tem apenas os comentários para “sentir” o nível de entendimento e de ruído. Por isso a mensagem tem que ser clara, pois os ruídos não poderão ser contornados, mas sim esclarecidos.

Blogs, chats e fóruns utilizam o mesmo meio (bits) para a transmissão de suas mensagens. Os suportes são variados (entendidos como telas e o próprio lay-out dos sites, etc), mas possuem uma mensagem a ser divulgada, que tem um emissor e um receptor e está passível de ruídos.

Para a construção de mensagens compreensíveis pelos receptores os emissores de blogs, chats e fóruns usam um código comum e âncoras que ofereceram verossimilhança a suas narrativas. Essas são algumas observações sobre as possibilidades da web.

Anúncios

Written by mislaine

18 abril 2008 às 10:21 pm

Publicado em semiótica

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: